Bissexual e solitária

23 entradas / 0 nova
Última entrada
Retrato de Rosana
Rosana
Offline
Membro desde: 06/09/2012 - 18:30
Bissexual e solitária

Tenho encontrado enormes dificuldades em me relacionar com as pessoas que como eu, são bissexuais. Desde 2007 que procuro contatos e amizade com mulheres nesse plano, mas nunca tive sucesso.
Eu sou casada e meu marido respeita a minha sexualidade. Não se mete no assunto, pois já estamos muito bem conversados sobre isso, e nem estamos à procura de parceiras para trio... é isso... parece que as bissexuais cadadas só são ativas para participar em trios ou swing, que não tem autonomia para viver a sua sexualidade longe dos maridos.
Será que não existem outras mulheres na mesma situação que eu? Que vivem bem no casamento, mas que querem se completar sexualmente pela amizade e cumplicidade com outra mulher?
Vivo e trabalho em Coimbra, tenho 38 anos, e apesar de lidar com muita gente no trabalho, a vida pessoal é bastante limitada à casa e ao meu marido.
Gostaria, ao menos, de ter com quem conversar sobre o assunto, conviver, me divertir...
;)

Retrato de Bolacha
Bolacha
Offline
Membro desde: 08/10/2012 - 21:22
Olá eu não estou na mesma

Olá :) eu não estou na mesma situação que tu, pois não sou casada nem sou bissexual... e sou um pouco mais nova, tenho 23 anos. Mas moro em Coimbra :)

Retrato de TaniaSantos
TaniaSantos
Offline
Membro desde: 28/08/2013 - 22:32
olá

olá
Deixa-me dar te os parabéns pela sinceridade e abertura com que falaste da tua situação, pena estares em Coimbra... eu estou em Lisboa :(

bjssss
Tânia

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
Sobre a sinceridade...

Olá, Tânia.
Continua tudo na mesma... Até me recadastrei no site, agora sou a "ana-feminina"...
Se vier por essas bandas, poderemos tomar um café... rssssssssss
Bjs.

Retrato de resistente
resistente
Offline
Membro desde: 09/10/2013 - 09:24
Mesmo objectivo

Bom dia Ana,
também sou de Lisboa, mas identifico-me perfeitamente com as tuas pretenções e objectivos, com uma diferença, sou inexperiente na matéria, pois não encontrei a pessoa certa. Tenho 38 anos e também não procuro nem relação em trio, sem swing.

Bjs

Retrato de Marianabello
Marianabello
Offline
Membro desde: 07/10/2013 - 17:13
ola ana sou denise

Procuro uma grande amiga feminina.inteligente e feliz para
passarmos horas agradaveis,sou setubal e tenho foto aqui.
oiu denisetrust"yahoo,com

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
Lisboa

Olá, "Resistente"!
Realmente, é preciso resistir...
Me parece que se algo acontece, acontece em Lisboa... No resto do país está tudo parado... Rssssssssssssss.
E diferentemente de você que "não encontrou a pessoa certa", eu não encontrei pessoa alguma rssssssssssss.
De qualquer forma, poderemos conversar por aqui. E se houver alguma oportunidade, poderemos nos conhecer pessoalmente, quem sabe?...
Bjs,
Ana.

Retrato de ana lúcia
ana lúcia
Offline
Membro desde: 16/08/2013 - 21:22
Olá Rosana

Sinto a mesma necessidade, tal e qual. Tenho 41 anos e vivo em Peniche.

Retrato de resistente
resistente
Offline
Membro desde: 09/10/2013 - 09:24
Oi

Carissimas,

embora logisticamente estejamos afastadas, podemos sempre falar um pouco, trocar ideias, confratenizar. Este forum serve também para isso mesmo, embora ainda não tenha iniciado a minha sexualidade lesbica, continuo a persistir até encontrar alguém que me faça entregar!
bjos

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
Olá!

Tudo bem, Ana Lúcia?
Parece que as coisas são um bocado complicadas, não é mesmo?
Mas poderemos ir falando por aqui, tranquilamente.
Tenho certa facilidade em me deslocar. Quem sabe não nos conheceremos?
Como tem resolvido a sua "necessidade"? Desde quando a sente?
Bjs.

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
Trocar ideias

Claro que sim! Gosto muito de conversar e de escrever.
Não tive a intenção de "perverter" o objetivo do fórum. Apenas fui direto ao assunto.
Quando o tempo vai passando, vemos nossas possibilidades de satisfazer as nossas necessidades se distanciarem ainda mais. Estou passando por isso...
Daí passamos a preencher a vida com obrigações e mesmice... Parece que vivemos apenas "para os outros"... E isso me parece patético.
Bem, está aí um tema para trocarmos ideias: o tempo.
Bjs.

Retrato de resistente
resistente
Offline
Membro desde: 09/10/2013 - 09:24
O tempo

Este tema leva a uma discução sem fim....., no meu caso por falta dele para fazer o que realmente gostava. Embora faça um grande esforço para o gerir da melhor forma, tornasse complicado qdo há terceiros, obrigações, etc!
Por isso não "condeno" quem se torna egoista e vive para si!

bjs

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
O tempo

É verdade... este tema leva uma discussão sem fim.
Ultimamente, o trabalho tem me levado muito tempo. Mas agora dedico meu tempo ao trabalho de forma mais inteligente... Menos emoção e mais ação.
Sobre as opções de vida que se faz, são as opções de cada um, e também concordo que não cabe qualquer juízo de valor.
Depois de perder meu pai, passei a ver, sentir e viver o tempo de outra maneira. Concluí o óbvio: o tempo é a única coisa que me liga à vida, de verdade. Logo, deverei fazer melhor uso dele, quanto o possível.
Ver nos olhos dele que ainda havia muito por fazer, e ter a consciência de que a reta estava no fim, foi chocante.
Perdi dinheiro, perdi "amigos", perdi objetos... mas me incomoda tremendamente ter a sensação de que estou perdendo tempo. Exatamente por ser o tempo, irrecuperável.
Acho melhor falarmos de outras coisas... rsssssssssss... Proponham!

Retrato de resistente
resistente
Offline
Membro desde: 09/10/2013 - 09:24
Touché

Ana disseste tudo! Sendo o tempo irrecuperável e amanhã podemos não estar, deixemo-nos de pudores e falsos moralismos e vamos vover "como se não houvesse amanhã"!
Proposta para um tema interessante e que possa trazer mais pessoas para a conversa: Bissexualidade: experiência, opiniões, como são vistas, como lidam com a situação, já assumiram......

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
Bissexualidade

Bem,
os seus subtemas são muitos... logo, escolherei apenas alguns, por agora.
A nível da sociedade em geral, em se tratando do "feminino", me parece haver grande confusão entre bissexualidade e lesbianismo.
Sem querer rotular ninguém, mas na falta de outra terminologia que possa ser (ou pareça ser) mais politicamente correta, faço clara distinção entre uma coisa e outra.
Obviamente que as questões de gênero são construídas sócio e culturalmente, e muita gente se vê perdida em dar respostas sociais, e acaba se passando por bissexuais antes de se assumirem plenamente lésbicas.
Eu me assumo bissexual, sem sombras de dúvidas. E apesar de parecer aberrante para alguns, para mim é a normalidade das normalidades... Me sinto atraída por pessoas, e a condição sexual é consequência e não o princípio. Há muitos fatores que provocam atração entre as pessoas, e não só o sexo.
Talvez por viver com um homem, e por me sentir satisfeita nessa relação, tenha mais necessidade em vivenciar relações de amizade com mulheres, que possam ser também mais íntimas.
Por ser bissexual e por estar casada com um homem, apenas para ele necessitei assumir a minha condição. Tive algumas experiências com outras mulheres, mas muito passageiras.
Como lido com a situação? Muitíssimo mal... Me sinto isolada numa ilha... Não encontro pessoas nas mesmas condições que eu, logo, não me realizo neste plano.
Já falei demais...
Bjs.

Retrato de resistente
resistente
Offline
Membro desde: 09/10/2013 - 09:24
Bissexualidade

Ana
respondendo um pouco ao notorio desconforto face à tua situação, até porque não te sentes realizada nesse plano, deixa-me que te diga que entendo perfeitamente e mais, aconselho toda gente a ler um livro importantissimo e interessante que explica exactamente toda esta "mistica" e pseudo polémica da bissexualidade. Chamasse o Macaco Nu de Desmond Morris. Eu que sou separada e nunca tive com uma mulher, assumo claramente a minha bissexualidade, só pelo facto de sentir vontade e prazer em me imaginar com uma mulher.
Nunca aconteceu porque não houve oportunidade, nem nunca se proporcionou. Quando acontecer garantidamente que seguirei os meus intintos "animais" e lidar com a situação normalmente, porque nós "homens" somos animais com instinto sexual bem patente, seja qual for o sexo.
Bjs

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
Macacos me mordam!

Rsssssssssssssss... é isso mesmo: "nós 'homens' somos animais com instinto sexual bem patente, seja qual for o sexo."
Vou procurar pelo livro, obrigada.

Retrato de resistente
resistente
Offline
Membro desde: 09/10/2013 - 09:24
:)

Ana, vais gostar garantidamente!

bjs

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
Livro e outros...

Olá, resistente!
Vejo que faz jus ao pseudônimo rsssssssssssssss...
Já providenciei o livro por meio de um site de trocas de livros. O site é um projeto muito interessante, tem funcionado muito bem. Agora é aguardar.
Apesar de não encontrarmos (por enquanto) quem mais queira conversar no fórum, eu tenho gostado de participar. Deu novo alento.
Hoje estive muito tempo fora de casa, e na rua sempre olho para as pessoas com "olhos de ver". E o que vejo é gente centrada em si, nos seus problemas ou pensamentos, e centradas no consumismo aterrador que move a vida de muitos e muitas.
Há poucas trocas de olhares, mesmo que "desinteressadas". Interessadas então... só de alguém que me achou parecida com uma atriz de tv rssssssssss... (Mas acho que era só para iniciar conversa, he he he).
Também já andei assim, na rua, olhando para dentro de eu mesma. Hoje foi diferente, divertido e frustrante ao mesmo tempo.
Com quantas pessoas nos cruzamos diariamente? Todos os dias? Parece que andamos todos desconectados... Apenas as pessoas mais velhas (e que se sentem solitárias), é que parecem procurar pessoas por detrás das roupas, das botas, das malas, dos fatos... "O mundo não compreende mais do que está à superfície" (Pedro Abrunhosa).
Ana.

Retrato de resistente
resistente
Offline
Membro desde: 09/10/2013 - 09:24
Almas solitárias

Ana,

confesso que por vezes é dificil ser resistente neste meio tão vinculado por ideais e valores tão vazios e sem objectivos concretos e evolutivos.
Relativamente ao livro, não sei se conheces o "Alfarrabista" na baixa, é uma loja que vende livros a 1€ e ficas impressionada com o que podes encontrar lá e com muita qualidade literária.
Relativamente ao teu tema, eu sou muito atenta ao que me rodeia, e efectivamente já tinha constatado realmente o que comentaste, além da permanente falta de educação, egoismo e constante correria diária, parece que já ninguém se preocupa com os demais! Mas em certa parte eu entendo, a nossa conjectura socio-economica está cada vez pior, eu já digo que não vivemos, sobrevivemos!
Também tenho pena que mais ninguém entre nestas "discuções", possivelmente teriam de ser temas mais "picantes" para haver mais afluência......

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
Alfarrabista

Olá, Resistente!
Está falando da baixa de qual cidade? Rssssssssssss...
Discordo de você. Eu não entendo falta de educação e egoísmo justificados pela "atual conjetura sócio-econômica".
Há uma crise, sim. Mas uma crise de valores. É disso que se trata. E essa crise de valores foi agravada pela crise econômica, que agora é desculpa para tudo.
Sobre os temas "picantes", são apenas mais alguns temas. Poderemos falar de tudo. Que proponham!
Boa continuação de fim de semana!

Retrato de resistente
resistente
Offline
Membro desde: 09/10/2013 - 09:24
Alfarrabista

Oi Ana,

Sorry baixa de Lisboa!
Eu acredito no lado bom das pessoas, que passando pelas extremas dificuldades que estão a passar, se tornem egoistas e mais frias, desde pais que não têm leite para dar aos filhos, idosos sem dinheiro para os medicamentos. parace demagogia, mas não é! Eu conheço, infelizmente uns quantos casos.
Muitas das pessoas fecham-se nas suas conchas e só pensam como vão sobreviver a mais um dia!
É obvio que também há aquele tipo de pessoas que descreves, que são mesmo mal formadas, mas acredito seriamente que seja a minoria!
Uma boa semana para ti e para todos.

Retrato de ana_feminina
ana_feminina
Offline
Membro desde: 31/10/2013 - 21:38
"Nós somos o elo perdido entre o verdadeiro Homem e o animal"

He he he... a frase não é minha, mas diz exatamente o que eu penso.
Bom, estou um bocado longe de Lisboa.
Sobre os humanóides, eu conheço muitos, lido com muitíssimos diariamente, e por vezes me deparo com pessoas que são realmente gentis, desinteressadamente.
E conheci, não convivo atualmente, com gente que em "situações extremas" não perdeu o norte, nem se tornou egoísta. São nessas situações extremas que as pessoas se revelam mais, penso eu.
Você acredita em reencarnação? Pois é, há quem acredite e que diga que encarnamos em processo "evolutivo", estilo Darwin. Daí surgimos como pedra, depois planta, depois animal bem rastejante, depois animal mais comunicante, depois um animal de estimação que "pensa que é gente"... quando se chega neste estágio, a próxima encarnação é a da perfeição: encarna-se como "ser humano"... É muita presunção para o meu gosto. Há seres humanos que não tem a dignidade de uma cobaia de laboratório. Essa sim, contribui para a preservação da "humanidade".
Não, não sou pessimista. Sou uma otimista com alguma experiência.
Boa semana para você também.

Inicie sessão ou registe-se para publicar comentários