Natal em casa de quem?

Amigas abraçadas

Chegamos àquela altura do ano em que podemos ter de pensar: na tua casa ou na minha? Para casais que já vivem juntos e têm dois lados da família, a época natalícia pode ser complicada; afinal existem duas partes envolvidas. Porém, há sempre uma terceira opção: a possibilidade, forçada ou não, de decidirem passar o Natal na própria casa apenas uma com a outra . Pois é, esta altura do ano pode ser muito stressante.

Quando se é descomprometida, é normal não pensar muito nestas questões, esta altura do ano serve para estar com a família e pensar no que se vai comprar ou receber como presentes de Natal.

Mas se está numa relação mais séria na qual vive em família com a sua parceira, então o sonho de terem uma união familiar pode ser abalado nestas alturas do ano mais tradicionais. Se as duas famílias aceitam a relação então, parabéns, são umas sortudas! Senão, os problemas familiares podem abalar esta época tão especial.

E como decidir onde passar o Natal, se ambas as famílias quiserem estar com vocês? Como decidir?

A solução é normalmente a mais sensata: façam turnos, e num ano passam o Natal com uma família e noutro passam o Natal com a outra família. Porém, se existe um lado da família que é menor, como se existir um pai ou uma mãe que pode passar o Natal sozinha, o ideal é juntarem essa pessoa a vocês e à restante família com a qual pretendem celebrar o Natal.

Independentemente de poderem estar junto das famílias ou não, seja porque não aceitam a relação ou porque a família está longe, o que importa é que sintam que esta época é uma época cheia de amor, e se estão numa relação estável, vocês são família uma da outra, portanto aproveitem o Natal para terem um momento feliz e cheio de amor!

Feliz Natal!