Dicas para a primeira vez

abraço no feminino

A primeira experiência sexual pode ter muito que se lhe diga. Se é a primeira vez que vai ter uma experiência sexual com a sua parceira é normal que se sinta nervosa. A primeira vez será algo que recordará durante muitos anos, portanto ficam aqui algumas dicas para a sua primeira experiencia lésbica.

Conheça o seu corpo

Se não conhecer o seu corpo, como pode esperar que a outra pessoa sabia o que lhe dá prazer? Difícil não é? Antes de pensar em ter experiências sexuais com outra pessoa deve tê-las consigo. Deve conhecer o seu corpo, saber o que lhe dá prazer, para pode transmitir essa informação à outra pessoa, e para de facto existir uma partilha justa. Passe tempo a descobrir os locais do seu corpo que mais lhe dão prazer, desta forma também perceberá onde e como tocar na sua parceira.

Esteja certa do passo

Tenha a convicção do que pretende fazer e faça-o ciente da sua certeza. Não se deixe manipular por pressões, nem deixe de o fazer por medo de errar. A primeira vez pode começar com alguns nervos e timidez, mas se estiver certa da sua decisão, será capaz de fazer face a todo o nervosismo.

Esteja sóbria

Um copo pode relaxar, mas também pode adormecer sensações e memórias que poderá desejar recordar, e que o consumo do álcool poderá estragar. Se estiver sóbria, poderá sentir, dizer e recordar tudo com muita mais vivacidade.

Sempre de forma segura

Pode parecer que as lésbicas não têm de se preocupar com o sexo seguro, mas infelizmente as doenças sexualmente transmissíveis também ocorrem entre mulheres. O VIH e a SIDA podem de facto ser transmitidos através de sexo lésbico. Converse com a sua parceira sobre o assunto, e seja consciente do perigo que existe. Acima de tudo, pratique sexo seguro.

Use e abuse da imaginação

O sexo está 90% na cabeça, por isso, use-a para dar cor à sua vida sexual. Se sente que está na hora, certamente já fantasiou sobre isso - e o que fantasiou? O que quer que tenha sido use-o para tornar esta primeira vez especial e picante.

Primeira vez sem brinquedos

Os brinquedos podem ficar para as próximas vezes. A primeira vez ao natural será a mais indicada para sentirem a pele uma da outra, simplesmente.

Relaxe e aprecie

Nada de pressas, aprecie o corpo da sua parceira, olhe para ela, faça-a sentir especial e apreciada pelo seu olhar e pelo seu toque. Toque todo o corpo da sua parceira com calma e com luxúria. Não vá direta ao assunto, dê tempo… aprecie. Beije-a e toque-a com desejo; existe tanta diversão que pode apreciar antes de se dirigir para a área púbica. Aproveite.

Converse com a sua parceira

É necessário que ambas conversem e sintam que existe um canal de comunicação aberto para poderem exprimir o que gostam, e o que gostam menos. Pergunte à sua parceira o que é que a excita e, à medida que o tempo passa, pergunte se ela está a gostar do que lhe está a fazer. Em contrapartida diga-lhe como gosta de ser tocada. Para uma vida sexual saudável, este nível de comunicação é fundamental. Se ela estiver a fazer algo que lhe der verdadeiro prazer, gema e não tenha vergonha de lhe demonstrar o que sente. 

Seja realista

A primeira vez é sempre uma grande expectativa, mas é importante que se cinja à realidade: à importância de conhecerem o corpo uma da outra, o que as excita ou não. Na primeira vez o orgasmo pode não surgir – isto é comum e nada problemático. A ideia aqui é sentirem-se próximas, unidas e começarem a conhecer-se intimamente, tudo com calma.